Grandes Incêndios no País

Ao se conhecer as histórias dos grandes incêndios, sabe-se que qualquer esforço no sentido da segurança contra incêndios é nada diante das perdas inestimáveis de vidas e do prejuízo material causado.

Por muito tempo não se deu a devida importância ao perigo dos incêndios nas edificações, mas com a ocorrência de sucessivos incêndios dos quais resultaram centenas de mortes e prejuízos materiais vultosos, maior atenção passou a ser dada na criação e aperfeiçoamento de normas destinadas a aumentar a segurança contra os incêndios.

Somente a partir do início da década de 70 se passou a dar atenção ao perigo do incêndio. Até então as regulamentações existentes eram esparsas e estavam nos Códigos de Obras dos municípios. Elas pouco incorporavam do aprendizado havido com os incêndios ocorridos no exterior.

A desatenção ao perigo dos incêndios não ocorreu somente no Brasil. Nos EUA até a ocorrência de grandes incêndios com grandes perdas de vidas, a segurança contra incêndios era mais focada na proteção ao patrimônio [5].

Dentre os incêndios mais importantes, merecem destaque os seguintes:

Gran Circo Norte-Americano

Ocorrido em Niterói-RJ, em 15 de dezembro de 1961. O fogo ocorreu em dia de espetáculo, teve origem criminosa e deixou 503 mortos e mais de 1000 feridos. Cerca de 70% das vítimas eram crianças [8].

Gran Circo Norte-Americano

Gran Circo Norte-Americano

Edifício Andraus

Ocorrido em 24 de fevereiro de 1972, em São Paulo-SP. O edifício tinha 31 andares de lojas e escritórios e o incêndio deixou 16 mortos e 336 feridos [5];

Edifício Andraus

Edifício Andraus

Edifício Joelma

Ocorrido em 01 de fevereiro de 1974, em São Paulo-SP. O edifício tinha 23 andares de estacionamentos e escritórios e o incêndio deixou 179 mortos e 320 feridos [5];

Edifício Joelma

Edifício Joelma

Loja Renner

Ocorrido em 27 de abril de 1976, no Centro de Porto Alegre-RS. O fogo destruiu o edifício e deixou 41 mortos e 60 feridos [8];

Loja Renner

Loja Renner

Edifício Grande Avenida

Situado na Avenida Paulista, em São Paulo-SP, ocorrido em 14 de fevereiro de 1981. O fogo destruiu todos os andares do prédio e deixou 17 mortos e 53 feridos [8];

Edifício Grande Avenida

Edifício Grande Avenida

Edifício Andorinha

Situado no centro do Rio de Janeiro-RJ, ocorrido em 17 de fevereiro de 1986. O fogo destruiu parte do edifício e deixou 21 mortos e cerca de 50 feridos. A causa foi um curto-circuito [8];

Edifício Andorinha

Edifício Andorinha

Uma Creche em Uruguaiana-RS

Ocorrido em 2000, deixou 12 crianças mortas. A causa apurada foi curto-circuito [8];

Creche em Uruguaiana-RS

Creche em Uruguaiana-RS

Canecão Mineiro

Ocorrido em 2011, em Belo Horizonte-MG, deixou 7 pessoas mortas e mais de 300 feridos. A causa foi a queima de fogos no palco [8];

Canecão Mineiro

Canecão Mineiro

Boate Kiss

Ocorrido em 27 de janeiro de 2013, em Santa Maria-RS. O incêndio destruiu a boate e deixou cerca de 241 mortos e mais de 100 feridos. A causa foi a queima de sinalizadores no palco [6].

Boate Kiss

Boate Kiss

Referências

(Visited 539 times, 1 visits today)